É celebrado neste sábado, 25 de março, o Dia Nacional do Oficial de Justiça. No Brasil são, aproximadamente, 32 mil oficiais e oficialas. Maior parte, cerca de 25 mil, pertencem à Justiça estadual e 7 mil estão distribuídos nas Justiça federal e do trabalho.
Os Oficiais de Justiça

São bravos guerreiros e guerreiras que trabalham dia e noite, inclusive nos fins de semanas e feriados, percorrendo debaixo de chuva e sol todos os cantos da cidade, do mais humilde ao mais abastado, para dar efetividade às decisões judiciais. É papel do oficial de justiça intimar, citar, fazer busca e apreensão, penhora, despejos, dentre outras diligências. É através dele que a justiça chega a todos os lugares e, sem ele, as decisões judiciais tornar-se-iam sem efeito.

Algumas importantes reivindicações que visam à valorização da categoria necessitam de forte mobilização para serem reconhecidas. Tramitam no Congresso Nacional vários projetos de lei de interesse da categoria. Dentre eles poderíamos citar os de porte de arma, livre estacionamento, função essencial à Justiça. Dentre outros. Todos estes estão sendo acompanhados de perto pela Fenojus, através de sua diretoria. Além destes existem outros pleitos que tramitam junto ao CNJ.

Mesmo com os avanços conquistados ao longo dos anos, muito ainda precisa ser alcançado. A luta pela valorização e pelo reconhecimento do trabalho do Oficial de Justiça é uma luta diária, em constante processo de construção. O Presidente da Fenojus, João Batista, afirmou que “os oficiais de justiça, ao longo do tempo, comprovaram mais de uma vez que são incansáveis e aguerridos. É assim que conquistamos nossas vitórias”.

Comemoração

A data, que antes era celebrada em 5 de setembro, passou a ser comemorada no dia 25 de março a partir de publicação, em agosto do ano passado, da Lei Nº 13.157 – que institui o Dia Nacional do Oficial de Justiça em 25 de março.

Postar um comentário Blogger

 
Top