Representantes da Fenojus aguardando audiência com
a Presidente do STF, Ministra Cármen Lúcia


O dia 23/02/2017 entra para a história do oficialato brasileiro, pois, pela primeira vez na história, os representantes da categoria dos Oficiais de Justiça foram recebidos pelo dirigente máximo do Poder Judiciário Nacional, no caso, a Presidente do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça, Ministra Cármen Lúcia.

Na oportunidade, os representantes dos Sindojus de São Paulo, Tocantins, Minas Gerais, Mato Grosso, Distrito Federal e Ceará estiveram no STF representados pela Federação Nacional dos Oficiais de Justiça do Brasil - Fenojus.

Representantes da Fenojus aguardando audiência com
a Presidente do STF, Ministra Cármen Lúcia


Inicialmente, os representantes da Fenojus, na pessoa de seu Presidente João Batista Fernandes, fizeram uma breve explanação à Douta Ministra sobre a categoria, seus problemas e anseios em todo o País como, por exemplo, quantidade de Oficiais de Justiça em atividade, qualificação para ingresso no cargo, condições de trabalho, dentre outros dados.


Pleitos da categoria entregues à Ministra Cármen Lúcia


Em seguida foi apresentada à presidente do STF a lista de reivindicações da categoria na qual consta 14 itens onde foram colocados diversos pleitos que vão desde a solicitação de uma lei orgânica que disciplinaria a profissão, passando por pedidos de diversas notas técnicas e resoluções a serem editadas pelo Conselho nacional de justiça, passando pela participação efetiva dos Sindicatos e da Fenojus quando os interesses dos Oficiais de Justiça estejam sendo discutidos. A pauta de reivindicações foi, oficialmente, protocolada no STF (Clique aqui e acesse o documento).

A Ministra Cármen Lúcia ouviu, atentamente, as explanações dos representantes dos Oficiais de Justiça e se comprometeu a dar encaminhamento às solicitações da Fenojus, através de sua equipe técnica. Ficou acordado que, em  breve, seria marcada uma nova audiência onde seria dado retorno dos pedidos protocolados.

Presidente João Batista concede entrevista à TV Bandeirantes

João Batista falou da reforma da previdência, assim como
da pauta da audiência com a Ministra Cármen Lúcia



Segundo o representante do Sindojus-SP e Diretor da Fenojus, Eduardo Quintas, “a Ministra Carmen Lúcia, demonstrou sua verdadeira vocação a servir o povo brasileiro, de maneira simples, educada e sem nenhuma vaidade pessoal, nos convidou a sentar em uma pequena mesa ao seu lado, após nos receber pessoalmente na porta de sua sala e  sem a ajuda de nenhum assessor ou secretaria ouviu atentamente as reivindicações, anotou em sua agenda pessoal os pleitos que lhe chamaram a atenção e demonstrou comprometimento em solucionar as demandas e demonstrou toda sua desenvoltura na condução do Supremo Tribunal Federal ao declarar que todas as demandas a ela apresentadas são tratadas pessoalmente e por assessores de sua confiança que trazem as respostas em período breve e que assim que obtiver uma posição convocará a Fenojus, para uma audiência de resposta.”

Sobre a reunião, o Presidente do da Fenojus, João Batista Fernandes, assim resumiu o seu sentimento da audiência: “A Ministra Cármen Lúcia é uma pessoa muito receptiva e objetiva, demonstrou acolhimentos aos pleitos, informando que, em breve, estará nos chamando - Fenojus, para dar, pessoalmente, as diretrizes para a solução dos problemas apresentados. Toda a categoria está de parabéns por este momento histórico e esperamos que, muito em breve, tenhamos definições para termos respeito, dignidade e melhores condições de trabalho”.

Por questões de segurança institucional, não foi possível a retirada de fotos da reunião com a Ministra, Cármen Lúcia, no entanto, após a audiência, os representantes da Fenojus gravaram vídeos com a impressão que tiveram da receptividade da Presidente aos pleitos da categoria que lhes foram entregues. Veja vídeos abaixo:








Postar um comentário Blogger

 
Top