Após mais de 10 anos de injustiça vencimental no Poder Judiciário do Ceará, onde servidores lotados no interior do Estado tinham seus vencimentos reduzidos em até 50% com relação aos servidores lotados na Capital, mesmo com idêntico tempo de serviço e cargo, finalmente a Assembleia Legislativa aprovou no dia 11/06 a Proposição 57/2014 oriunda do Poder Judiciário que dará tratamento isonômico a todos os servidores da Justiça alencarina. Sem dúvida, uma vitória histórica.

Esta importante iniciativa, reveste-se em um dos melhores momentos da administração do presidente Luiz Brígido à frente do TJCE e que, com certeza, ficará para sempre gravado na memória de 1300 servidores e suas famílias, como um exemplo de administrador público que honra a palavra empenhada e de um magistrado profundamente comprometido com a Justiça.

Fonte: SINDOJUS

Postar um comentário Blogger

 
Top