O conselheiro Gilberto Martins, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), reúne-se, nesta quarta-feira (13/11), com a presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), desembargadora Leila Mariano, para discutir medidas de segurança para o Judiciário. No encontro, eles vão tratar da invasão, no último dia 31, do Fórum de Bangu, e de suposto atentado a um magistrado. Na invasão, criminosos tentaram resgatar dois presos que foram levados ao local para prestar depoimento judicial.  A reunião será às 10 horas na sede do TJRJ.

O anúncio da visita foi feito na última semana, durante sessão plenária do CNJ, quando o Conselho também decidiu encaminhar comunicação ao governo do estado do Rio de Janeiro em que pede providências para garantir a segurança dos magistrados e dos fóruns, principalmente na tomada de depoimentos de testemunhas e criminosos.

A ideia é, por meio de um esforço interinstitucional, definir medidas que aumentem a segurança de membros do Judiciário e criar mecanismos que evitem o deslocamento de presos para a tomada de depoimentos, como é o caso da videoconferência. Gilberto Valente é coordenador do Comitê Gestor da Segurança da Magistratura do CNJ.

Fonte: Agência CNJ de Notícias
 
Top