O Sindicato dos Oficiais de Justiça Avaliadores de Estado de Mato Grosso Sindojus/MT elaborou a proposta orçamentária para o próximo ano que prevê:

-Incorporação da verba de periculosidade de 35% ao subsidio dos Oficiais de Justiça; -Enquadramento dos Oficiais de Justiça do nível médio parta o superior

- Implantação da Resolução nº 153, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) de 06 de julho de 2012 que visa garantir aos Oficiais de Justiça o recebimento antecipado das diligências ( Ato judicial que os empregados da justiça praticam fora dos respectivos tribunais e cartórios);

- Efetivação da progressão horizontal, classe, de todos os servidores do poder judiciário.

Segundo o presidente do Sindojus Eder Gomes Moura as propostas são importantes para a categoria.

“Os quatro pontos elencados são peças fundamentais para o exercício com qualidade do trabalho diário dos oficiais de justiças e avaliados, a resolução 153 do Conselho Nacional de Justiça é a garantia de que o servidor não terá que arcar com o deslocamento a fim de trabalho, o que hoje gera prejuízo”, afirmou.

Fonte: Sindojus-MT
 
Top